Frequently Asked Questions - Perguntas Frequentes

FAQs - Perguntas Frequentes
Central de soluções de problemas relacionados com a visualização dos canais e outras informações úteis
É um site indexador de streams existentes na Internet
Não. A visualização dos conteúdos é grátis e não requer qualquer registo no site.
Sim. Para visualizar alguns canais, serão necessárias algumas configurações extra no seu Navegador. Na maior parte dos casos, os PC's já trazem as configurações correctas para assistir a todo o tipo de canais. No entanto se não conseguir ver algum canal, deverá certificar-se de que tem instalado o Windows Media Player e o Flash Player, assim como o TVU Player e o Veetle. Aqui poderá encontrar os respectivos programas e plugins.
É bastante comum existirem canais fora do ar. Alguns canais interrompem periodicamente a emissão e outros deixam de funcionar de vez. Isso acontece a toda a hora... A nós cabe-nos substituir os canais que "definitivamente" não funcionam.
Deverá compreender que, apesar dos nossos esforços em tentar manter uma lista de canais plena de funcionamento, nem sempre isso é possível.
Normalmente um simples duplo clique sobre a área de visualização do player serve para maximizar o ecrã e o mesmo procedimento serve para o minimizar. Como por ex. nos canais com emissão em "Windows Media Player" e "TVU Player".
Este site está optimizado para a resolução de 1024 x 768. Se optar por uma resolução inferior, a navegação no site será na mesma eficiente e agradável, mas provavelmente irá deparar-se com alguns ecrãs cortados (com maior frequência em players de grandes dimensões).
Qualquer navegador desde que atualizado permite-lhe uma navegação rápida e eficiente.
1. Computador com 256 Mb de Memória RAM e processador de 500 Mhz.
2. Conexão banda larga à Internet a partir de 300 kbps.
Obs: Ressalvamos porém que, quanto maior for a sua largura de banda, maior o acesso que você terá a canais de melhor qualidade. É também improvável que consiga aceder a canais que emitem a uma taxa superior à sua capacidade de download.
Apesar de nos certificar-mos que na altura em que o canal é publicado a emissão é a correta, poderá ocorrer em determinados momentos que o nome ou o título do canal "não corresponda" à emissão do broadcaster. Nestas alturas, deverá aceder às emissões de alternativa (caso existam) ou ter paciência e tentar o mesmo canal mais tarde.
Quando isso acontece é porque os canais estão offline (sem emissão), ou devido a problemas de sobrecarga no servidor.
Se for necessária senha para uma determinada emissão, ela será encontrada na mesma página. Se por alguma razão não encontrar a senha ou se esta for inválida, informe-nos do facto ou tente aceder ao canal mais tarde.
Infelizmente nem todos os canais de TV têm emissões online. Por isso, se você procura um canal que não está no site, certamente é porque este não transmite para a Web. A TV a cores nada pode fazer a este respeito, a não ser continuar a pesquisar diariamente por novos canais.

1. A sua conexão à internet é lenta demais para o canal que você está a tentar assistir. Escolha um canal "mais leve". Quanto menor for a qualidade de imagem do canal, melhor é o seu desempenho em conexões lentas.

2. A sua internet é rápida mas está congestionada no momento. Feche os programas de partilha como o utorrent enquanto assiste TV. Além disso não faça o download de arquivos pesados pelo seu navegador.

3. O canal que você está a tentar assistir está sobrecarregado. Isto ocorre quando existem muitas pessoas a assistir ao mesmo tempo. Tente novamente noutro horário.

4. Você tem vários canais a funcionarem em simultâneo, ou tem muitos separadores abertos com canais "pausados".

5. Você tem vídeos a trabalhar em background, tem um jogo minimizado, ou está num chat movimentado com muitos grafismos (smiles/gifs animados e outros efeitos).

Se vive em Portugal consulte a programação dos canais portugueses aqui.
Se vive no Brasil consulte a programação dos canais brasileiros aqui.
A qualidade do canal é definida pelo seu emissor. Existem canais que têm uma qualidade inferior para reduzir custos de transmissão e também para serem acessíveis a um maior número de pessoas.
A TV a cores não tem o poder de melhorar qualquer emissão, uma vez que não somos responsáveis pela transmissão desses canais.
Fica ao seu critério. No entanto não nos podemos responsabilizar por possíveis danos decorrentes dessa visita. Apenas lhe sugerimos que mantenha o seu anti-vírus sempre atualizado e se possível utilize-o em conjunto com um anti-spyware.
Sim. Poderá eventualmente encontrar canais exclusivos ao público adulto. Em todo o caso, compete ao utilizador adulto, limitar o acesso a emissões que possam por em risco menores a seu cargo.
Este site é absolutamente legal. A TV a cores enquanto entidade "NÃO-emissora" tem que partir do princípio que todas as emissões na Internet são autorizadas pelos proprietários dos seus conteúdos. Qualquer dos conteúdos por nós publicados, provêm de emissões de sites terceiros e são da responsabilidade desses websites e não do TV a cores, uma vez que este não aloja, emite, ou retransmite nenhum dos conteúdos A/V.
Para ter seu canal incluído no site este deve:

Ser estável (não sair do ar com muita frequência).
Não fazer apologia à violência, drogas, e/ou racismo.
Ser interessante do ponto de vista do utilizador.

Para que possamos incluir o seu canal, informe-nos do URL do mesmo, assim como o tipo de conteúdos que este oferece (ex.: variedades, filmes, desenhos animados).

Nós não cobramos dinheiro e não incentivamos donativos, mas você já está a ajudar ao recomendar o site aos seus amigos e familiares.
Pode também escrever um artigo sobre este site no seu blog (se for blogger) ou citar o nosso link em fóruns e sites de contexto televisivo.
Através dos contactos disponíveis no rodapé do site.
Apesar de não sentirmo-nos na obrigação de prestar qualquer tipo de suporte, devemos e podemos ajudar-lhe, desde que naturalmente saibamos a resposta à sua dúvida/questão.
Isso só acontece quando:
1- Não sabemos a resposta e naturalmente não o podemos ajudar.
2- Não entendemos a sua mensagem ou a sua dúvida não foi clara.
3- Perguntou algo ao qual já lhe tinha sido respondido antes.
4- Perguntou algo que consideramos não ter fundamento.
5- Perguntou algo que já vem respondido nesta página.
6- Não perguntou nada.

Para Android:

Solução: Instalar o Flash Player no Android.
Dado que a Adobe descontinuou o flash player para o sistema Android, este passo é necessário até que haja uma adaptação total por parte dos webmasters e seja adoptado o HTML5 com vídeo.
Certifique-se de habilitar a instalação de aplicações de fontes desconhecidas (ou seja, de fora do Google Play Store).
Para habilitar a opção, basta aceder às configurações do Android, seleccionar a aba Segurança, e procurar e marcar "Fontes desconhecidas".
Visite este link http://helpx.adobe.com/flash-player/kb/archived-flash-player-versions.html e na parte inferior instale o plugin que corresponda ao seu sistema Android.
Instale um navegador compatível (Chrome não é compatível). Indicamos o UCBrowser, gratuito e muito leve, e não requer configurações extra para habilitar o Flash Player.

Para iOS (iPhone, iPod e iPad):

Solução: Instalar um browser com Flash Player embutido.

O Puffin suporta conteúdos Flash, mas o utilizador só os pode visualizar se os permitir através de clique.
O browser Puffin é compatível com iPhone, iPod e iPad, e está disponível para download na Apple App Store.

O browser Skyfire permite ver conteúdos Flash no iPad ao transcrever o código Flash para HTML5, através dos servidores do Skyfire.  Faça aqui o download do browser Skyfire para iPad, disponível na Apple App Store.

Versão mobile para iPad, iPhone e Android
Email | Webmaster | Mapa do site | Ajuda